quinta-feira, 21 de junho de 2012

Poesia Viva

Poesia Viva


E lá fomos nós em plena tardinha

meu amor e eu...

Nesse dia, nasceu um poema vivo.

Bem maior que a razão

pura emoção, com gosto de mar

E te vi in-tei -ro, nos olhos meus.

Minha única poesia que consegue rimar,

nessa lua que não é de papel.

Lua essa, que é minha e tua

que estava lá, só pra confirmar... que um dia,

meu coração, bateu descompassado de frente pro mar.



Karla Julia

Marcadores: