quarta-feira, 15 de agosto de 2018

NOBEL


MARIE CURIE

"Nada na vida deve ser temido, somente compreendido.Agora é hora de se compreender mais para se temer menos."

Foi a única pessoa as ganhar dois Prêmios Nobel em categorias científicas: Fisica em 1903 e Química em 1911.

As mulheres representam 5% dos agraciados com o prêmio.


Karla Julia 


Marcadores: ,

AGOSTO LILÁS


                     






Marcadores:

terça-feira, 14 de agosto de 2018

PENSAMENTO DO DIA


"Não há barreira, fechadura ou ferrolho que possa impôr a liberdade da minha mente."

         
                                 
                               Virginia Woolf                   

Marcadores: ,

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

POÈME

RODIN
   

un baiser adage
des pensées entourant le musée
le bronze dévoilant son âge


haicai et photo 
Karla Julia
Musée Rodin
Paris


Marcadores: ,

MICHELANGELO , A POESIA E A CAPELA SISTINA

             

Michelangelo Buonarroti pintou a Capela Sistina, com grande sofrimento,
num documento escrito pelo própro pintor em florentino renascentista.

Antes de mais nada, gostaria de lhes explicar que Michelangelo sempre se definiu  como escultor.
Na gradação de prestígio da época, os escultores tinham mais prestígio do que os pintores. Daí ,vocês irão encontrar nessa carta, escrita de próprio punho e endereçada ao seu amigo Giovani, um Michelangelo fazendo uso da poesia e de metáforas para demonstrar o seu pesar pela sua condição física, profissional e emocional no tempo em que pintou a Capela Sistina.Trabalho esse, que lhe foi encomendado pelo Papa Julio II.

Michelangelo não se sentia bem naquele ambiente (isso será provado no documento escrito por ele abaixo. Para ele,era um ambiente de intriga, onde por qualquer motivo, a fogueira era o castigo mais fácil.

Notemos que o grande gênio Michelangelo, usa a poesia para em metáforas, para mostrar ao amigo seu sofrimento, como se usasse uma linguagem criptografada.
        Por exemplo, quando escreve:

 " (...) a barba ao céu e o o crânio pendo       
 sobre a corcova e o peito qual harpia 
e o pincel no rosto, todavia
e aos pingos me faz um rico pavimento"

Vemos que ele descreve a posição em que fica ao pintar :
" com a barba em direção
   ao céu e o cérebro pendendo (quer dizer, para baixo).
   sobre a corcunda e o peito, como uma ave de rapina
(quer dizer, ele ficava todo torto)                           e com o pincel em cima do rosto, que o faz gotejar (isto é, a tinta que cai do teto em cima dele e no piso de mosaico da Capela Sistina).
Quanta dedicação e sofrimento!
Um dos maiores artistas de todos os tempos!

                     

                     
                Karla Julia

Marcadores: , ,

A poesia de Maria do Carmo Bomfim


SENSAÇÃO

Toco uma estrela
I touch the star
E possuo a beleza
And I get the beauty.
Beijo a lua
I kiss the moon
E me sinto nua
And I fell naked.


Maria do Carmo Bomfim
in," Portrait"
Editora Personal
Rio de Janeiro
2013

Marcadores:

DICA DE LIVRO

"A doce vida na Umbria"  
de Marlena de Blasi

Marlena de Blasi, autora de " Mil dias em Veneza", "Um certo verão na Toscana" , " Amandine", " Antônia e suas filhas", nos convida mais uma vez a conhecer mais uma região da Itália, dessa vez a Úmbria. 
Por meio de suas histórias, algumas autobiográficas outras, das pessoas com quem conviveu, mergulhamos de cabeça na cultura da região a que pertence a trama de cada livro seu.  

Chegamos a sentir o aroma das pancettas, o perfume das lentilhas de Castelluccio e o cheiro das ervas aromáticas colhidas nos bosques do "Bel Paese".

Gosto de livros assim: uma boa história entremeada com os costumes e perfumes como pano de fundo para ainda me fazer crer na beleza nesse mundo.
    

"(...)Agora, todas as cozinheiras vão para a piazza, esfregando as mãos nos aventais, fechando os casacos, se embrulhando mais nos xales, juntando-se à centena de pessoas que anda de um lado para outro,trocando
cumprimentos e expectativas. Os poucos, como nós, que vieram de povoados vizinhos, tanto da Úmbria quanto da Toscana, são recebidos com prazer, levados para lá e para cá pela piazza para conhecer os outros. O ar está carregado. Está quase na hora. Há suspense até mesmo na luz, como se uma peça antiga de cetim tivesse sido esticada demais pelo céu e o sol poente penetrasse pelas partes esgarçadas, derramando um grande e cálido esplendor sobre a festividade, paralisando-a por um momento e sem dúvida captando-a para a eternidade, como o disparo de uma câmera antiga ou os traços de um pincel mergulhado em tinta dourada. A multidão parece formada por crianças ansiosas para que as portas se abram e a festa comece. Uma igreja cheia de gente aguardando a noiva. Esperam pelo santo e pelo fogo que vai honrá-lo. Mas agora, sem o sol, faz mais frio e a espera começa a parecer longa demais.(...)."
Marlena de Blasi

   Karla Julia


Marcadores: , , ,

domingo, 12 de agosto de 2018

Para meu Pai


Ipanema não é minha

para meu pai

Quando o perdi
chorei mais do que a chuva das monções.
Deu um nó na garganta.

Emoção mais úmida 
que o próprio calçadão
onde sempre ando
pensando em como é difícil viver sem você 
em plena Ipanema.

Ainda choro
agora, de saudades.
Choro o choro dos loucos 
e o dos sem tino.
Choro, porque dei de escrever esse desatino.

Porque é noite 
e a lua está tão linda.
Choro, porque amo viver 
e eu sei que um dia vou desaparecer.

Choro, procurando por seus olhos fitando os meus.
Choro porque ela está crescendo 
e não será mais a minha menininha.

Choro porque meu ouvido anda dodói
e nunca mais vou ouvir a sua voz.

Karla Julia
" Ipanema não é minha
in,"Alma Nua"

Marcadores:

DICA DE FILME

                                   " O ORGULHO"
        (título original em francês : "LE BRIO")
 
                     
       O que no início do filme se apresenta como uma cena de preconceito e racismo provocado por um professor da Universidade de Direito de Paris contra uma estudante árabe, se transforma em um desafio em obter a classificação em um concurso de retórica.
   
A instigante trama do diretor Yvan Attal (um israelense, radicado na França e descendente de marroquinos) que no próprio prólogo do filme já diz a que veio ao nos mostrar pequenas falas de Serge Gainsbourg, Lévi-Strauss e Jacques Brel (cujos pensamentos liberais marcaram a época em que viveram).
   
Ao ser censurado pela direção da Universidade, o professor Pierre Mazard (o ator Daniel Auteuil), é colocado como mentor da aluna marroquina Neilah Salah (Camelia Jordana), no prestigiado concurso de Retórica frequentado pela elite francesa.

A partir das vivências  totalmente antagônicas ele, defensor do purismo intelectual francês, convive com a cultura de subúrbio dos imigrantes que tanto desprezava.
Dos desafios impostos nasce uma relação que marca a ambos os protagonistas.

Um filme imprescindível nos tempos onde a intolerância por vezes dirige os homens.
                 
                       
   

                                   Karla Julia

Marcadores: , ,

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

RENASCIMENTO

O Renascimento nasceu em Florença, na Itália. Abaixo estão alguns do gênios que inventaram esse novo estilo do quattrocento ( século XV).

 O pintor Masaccio (nasceu em 1401 e faleceu em 1428) foi o primeiro, desde Giotto, a não pintar a figura humana como uma coluna linear, como no estilo gótico, como um ser humano real).                                                       
 "O Pagamento do Tributo" de Mosaccio
                                       
O escultor Donatello (nasceu em 1386 3 veio a falecer em 1466)Trouxe de volta o Naturalismo ( seu "Davi", doi o primeiro nu em tamanho natural desde o período clássico.) A escultura que fez de Maria Madalena, como uma vellha enrugada, era tão real que, segundo dizem gritou-lhe; " Fala, fala, ou morrerás de peste!"

                                   

      "Davi" de Donatello
                                                                 
 O pintor Botticelli,(nasceu em 1444 e faleceu em 1510), cujas figuras tão elegantes chegaram ao ápice do refinamento.Suas louras donzelas flutuantes podem até nos remeter à arte bizantina, mas seus nus já nos trazem de volta ao Renascimento.  "O Nascimento de Vênus" é o marco do renascimento da mitologia clássica.

Karla Julia

Marcadores: , , ,

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

ESCADA DE LIVROS


Universidade do Líbano


Marcadores:

quarta-feira, 25 de julho de 2018

DEGAS, o gênio misógino.


O grande gênio impressionista Degas (filho de um banqueiro, de temperamento difícil, arrogante e misógino (tanto que disse certa vez, que preferiria ter cem ovelhas a ter uma mulher com opinião).

Não somente pintou bailarinas, mas também cavalos em movimentos. E para tanto, ele fez uso da recém inventada técnica de fot

ografia do inglês Edward Muybridge, cuja câmeras dispostas uma do lado da outra, captavam os cavalos passando em seu galope veloz. Daí a sensação  de ação e movimento.                                                                 

            tela:" Chevaux
            de Courses à
            Longchamps"

Degas comparecia a todas as apresentações de balet no Palais Garnier (Opéra Garnier).
Mas o interessante em suas obras, é que ele não pintava as " primas ballerinas",
mas sim as chamadas " ratas" do ballet, ou seja, as coadjuvantes.

      fotos
       
           tela:"Danseuses                     Bleues"
            Musée d' Orsay,
              Paris
           foto: Karla Julia

           
          tela:" La leçon de
         Danse"
          Musée d'Orsay
           foto: Karla Julia
           
         
             Karla Julia

Marcadores: , ,

sexta-feira, 20 de julho de 2018

     
BRAMASOLE
Cortona -Toscana- Itália   
               
   

CASA DA AUTORA              FRANCES MEYES


autora dos livros "Sob o Sol da Toscana" , " Bella Toscana" "Todos os dias na Toscana" e outros.
O filme "Sob o Sol da Toscana" foi baseado no livro homônimo da autora, quando decidiu se mudar para Bramasole, em 1990.
Mayes fala de sua casa, Bramasole, na Toscana, de modo apaixonante.  Alguns fatos que ela viveu por lá são passados no filme.
                 Livros que li e recomendo da autora.
                   


   

          Karla Julia

Marcadores: , , ,

quinta-feira, 19 de julho de 2018

DICA DE SERIADO

             
                 MEDICI         

           

              MEDICI
     Masters of Florence

Comecei a me interessar pela história dos Medici quando li sobre a vida de Leonor de Medici. Desde então comecei a estudar italiano, marquei uma viagem a Florença e pesquisei a fundo a História dessa família e do Renascimento.
A familia Medici,
Florença e o Renascimento estão profundamente ligados.
Agora temos finalmente uma série digna da importância e da influência que essa familia exerceu em Florenca durante anos e consequentemente no mundo inteiro.
Ela começa com Giovanni Medici (Dustin Hoffman) e seu filho Cosimo ( Richard Maiden), procurando alguém para resolver o problema da Cúpula da Catedral de Santa Maria del Fiore(Duomo).

Visitar Florença sem conhecer a história dessa família é como ir ao ensaio da Mangueira sem jamais ter ouvido  falar de Jamelão. Você aproveita, é claro, mas é como olhar para alguém sem ver a menina dos seus olhos, sem ler sua alma.

Gosto de conhecer os lugares sabendo de sua história antes e essa série é bastante elucidativa quanto aos fatos que se passaram naquela época .

Uma família com sede de poder e que patrocinou inúmeros artistas responsaveis pelo Renascimento como Fra Angelico, Fra Filippo Lippi, Donatello, Michelangelo, Leonardo da Vinci, Botticelli e tantos mestres que revolucionaram a arte da época.
Imperdível.

            Karla Julia

Marcadores: , ,

terça-feira, 13 de junho de 2017

DICA DE LIVRO: " AS PALAVRAS " de Clarice Lispector




"Queria escrever frases que me extradissessem, frases soltas, "a lua de madrugada", " jardins e jardins em sombra",  "doçuras adstringentes do mel"(...) Ou então usar palavras que vêm do meu desconhecido: trapilíssima avante sobe qua non masioty- ai de nós e você."
     in " Um Sopro de Vida"

Pedaços de escrita de Clarice Lispector, com muita sensibilidade escolhidos pelo escritor, semiólogo e teórico da arte Roberto Corrêa dos Santos.
Um achado!

Karla Julia

Marcadores: ,

quarta-feira, 29 de março de 2017

RODIN E CLAUDEL

  " A Idade Madura"
   de Camille Claudel.

Talvez sua obra mais autobiográfica ( nela vemos a juventude -Camille- de joelhos implorando por um homem mais velho-Rodin- envolvido pelo vulto de uma mulher bem mais velha do outro lado - Rose Beuret -) feita na época em Rodin a deixou, embora ela tenha sido a paixão de sua vida,  que não quis se separar de sua esposa.

            Karla Julia
                                             




Marcadores: , ,

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

DICA DE FILME

       Além das Palavras
              (Quiet Passion)
      

Para quem gosta de cinema e poesia, está em cartaz o filme sobre a vida de uma das maiores poetas da língua inglesa :Emily Dickinson.
A direção de Terence Davies é um primor.

Eu, que adoro filmes de época, ainda mais baseados em histórias reais e sobre a vida de uma poeta tão contestadora em suas palavras e atos,, para mim foi um deleite.

Ele, através da protagonista, soube captar toda a atmosfera repressiva e castradora dos anseios femininos em Massachusetts nos meados do séc.XIX.

Com uma atuação absolutamente magnífica  a atriz de "Sex and the City", Cinthia Nixon, no papel da poeta, consegue nos fazer sentir como se fosse nossa, sua repulsa pela sociedade hipócrita da época.
                 

Praticamente sem contato com o mundo exterior, ela criou uma obra poética monumental.Quase totalmente descoberta após sua morte.

"Dizem que o tempo ameniza
Isto é faltar com a verdade
Dor real se fortalece
Como os músculos, com a idade

É um teste no sofrimento
Mas não o debelaria
Se o tempo fosse remédio
Nenhum mal existiria."
Emily Dickinson

         Karla Julia

Marcadores: , ,

DICA DE LIVRO: " DIAS DE MEL"

DICA DE LIVRO: "DIAS DE MEL" de Annia Ciezadlo                            

Em 2003, Annia Ciezadlo resolve uma jornalista americana, resolve passar sua lua de mel em Bagdá. Isso porque seu marido Mohamad, que era jornalista nos Estados Unidos, passa a cobrir a invasão do Iraque após voltar ao Líbano, sua terra natal. Neste livro a Annie fala sobre os anos na Bagdá ocupada pelas forças da Coalizão e na Beirute marcada pelas divisões sectárias. as diferenças culturais entre Oriente e Ocidente e sobre a possibilidade de resolver os conflitos com uma mesa cuidadosamente preparada!
Em meio ao pós tiroteio, vamos conhecendo lições de vida e de cozinha  de uma gente tão sacrificada pelas guerras! MARAVILHOSO como deve ter sido O JARDIM DO ÉDEN naquele território já saqueado, sem sua preciosa HISTÓRIA , ONDE TUDO COMEÇOU

                   Karla Julia

Marcadores: ,

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

DICA DE LIVRO :" DE PROFUNDIS"

DICA DE LIVRO : " DE PROFUNDIS e outros escritos do cárcere"de Oscar Wilde

Em 1891, vivendo um ano de sucesso com seus escritos(. "Retrato de Dorian Gray" e suas peças) , Oscar Wilde é processado pela família de Lord Alfred Douglas,um jovem por quem se apaixonara e com quem mantinha um relacionamento. Preso, ele escreve essa obra-prima, como bem diz o título, profunda, intensamente profunda.

Imperdível a leitura!

Karla Julia


Marcadores: ,

domingo, 2 de outubro de 2016

Nobody does it better makes me feel sad for the rest...

                                  
O melhor James Bond de todos os tempos não quer mais ser o agente 007

Callum McDougall, produtor dos filmes "007", revelou durante uma entrevista para a rádio "BBC" que deseja ter Daniel Craig no papel principal de suas futuras produções da série
  Daniel Craig recusou recentemente a proposta de R$ 360 milhões para ser novamente James Bond nas telonas!


Marcadores: ,

Shaná Thovah

       
        SHANÁ TOVAH
   -Meu primeiro Ano Novo sem       seus olhos azuis-

Hoje, não lhe disse Shaná Tovah
meu coração se partiu em duas partes
e minha alma gemeu mais alto do que nunca

Saiba que sua neta
tem a sua inteligência
integridade
e seu sangue mais que positivo

À noitinha, lhe desejamos
Feliz Ano Novo
juntos, mãos dadas,
como sempre fizemos, meu pai

Mesmo que a morte tenha pisado forte sobre meus sonhos,
mais do que nunca o honrei
e me lembrei desses olhos azuis
que carregavam toda a ternura do mundo.

Shana Tovah Umetukah, papai!

Karla Julia
19/09/2009
               
   

Marcadores:

A Arte do Azulejo em Porugal


Marcadores: ,