segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Wonderland

Wonderland


Quando eri soltanto una promessa
Le ore volavano in fretta , volavano...
C’erano altari, cantici e un cielo di un altro mondo
Ed io dormivo sentendo un mare azzurro, intenso e profondo.



Quando eri soltanto una promessa
mi è capitato di scrivere poesie, creare girotondi
Suonare al pianoforte e fare marmellate di fragole.

Tutto questo perché quando arrivavi,
impazzito per inaugurarmi nelle tue braccia
m’ attiravi fortemente dalla vita.

Ed io, più che mai, donna, nei tuoi abbracci
(a)colta e cercata dalle sue inconfondibili mani
mal appena mi rendevo conto, che dovrei lasciare
li, in quei giorni ,per sempre

...la mia poesia ,insieme al mio cuore.

Karla Julia

Marcadores:

Pensamento do dia

'' Que alguien te haga sentir cosas
 sin ponerte un dedo encima,
  eso es admirable.''

Mario Benedetti





terça-feira, 24 de setembro de 2013

Pintando o sete

Vejam que show essas fotos do dia temático ocorrido 
em todo o Brasil pelos profissionais dessa difícil arte do make up da MAC.
Essas são as fotos do grupo do Fashion Mall , grandes artists,vejam  o resultado desse trabalho.
A artista  referência se chama Alex Box.
Parabéns à equipe.
Karla Julia


Marcadores:

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Hoje, recebi essa linda orquídea, foi para o Orquídário, obrigada Dolores Jardim


Marcadores:

sábado, 21 de setembro de 2013

Haicai







no teatro, nasci
-mesmo com todo o preparo
o texto, esqueci

Marcadores:

domingo, 1 de setembro de 2013

DICA DE LIVRO E DE FILME: 'A ELEGÂNCIA DO OURIÇO"

" A ELELÂNCIA DO OURIÇO"
de Muriel Barbery



Um livro que nos fala de pessoas cuja sensibilidade e erudição estão além das afetações do dia-a-dia. Um livro que se passa no número 7 da Rue de Grenelle: o endereço é chique, e os moradores são gente rica e tradicional. Ma cuja "concierge" (Renée)que lá trabalhava há 37 anos e poucos a conheciam, dá o tom da história. Ela é o verdadeiro "ouriço" ( baixota , muito acima do peso e ranzinza . Na verdade, uma observadora refinada, ora terna, ora ácida, e um personagem complexo, que apaga as pegadas para que ninguém adivinhe o que guarda na toca: um amor extremado às letras e às artes,em contrapardida ao esnobismo que marca o perfil dos seus muitos patrões.Há também Paloma. cujo pai é um figurão da política, mãe uma dondoca , a irmã mais velha jura que é filósofa.

Mas Paloma conhece bem demais o verso e o reverso da vida familiar para engolir a história oficial. Tanto que se impõe um desafio terrível: ou descobre algum sentido para a vida, ou comete suicídio (seguido de incêndio) no seu aniversário de treze anos.

Renée e Paloma, duass filósofas por excelência, se tornam amigas quando chega de mudança Kakuro Ozu, senhor japonês com nome de cineasta que, sem alarde, saberá salvá-las tanto da mediocridade geral .

Fenomenal!Leiam o livro, assistam ao filme!

Karla Julia
 
 


 
 

Marcadores: , , , ,