domingo, 31 de julho de 2016

Haicai

nascida em agosto
chamado mês do desgosto
o que tenho é gosto!



Marcadores:

DICA DE LIVRO:" MINIATURISTA"


Não leiam "Miniaturista" pensado que se trata de mais um romance histórico.Não se trata de um romance.
O livro é bem descritivo. Mas me agradou demais.
Neste livro encontramos mais suspense do que ação .
Nele, encontramos também uma vasta reprodução histórica da época e dos costumes da Holanda do século XVII.
A trama é densa: Petronella Oortman chega a Amsterdã em 1686 para casar-se com o famoso comerciante Joannes Brandt.
O que ela vai encontrar em sua nova vida está longe de ser o dia a dia de uma esposa comum holandesa.
Nella passa a conhecer, à partir de então, em sua nova casa e na réplica em miniatura de sua casa, os valores burgueses e machistas de uma sociedade pra lá de preconceituosa. Esse é o verdadeiro tema do livro.
A questão da miniaturista que lhe envia réplicas perfeitas dos personagens que a rodeiam e das previsões dos acontecimentos que estão para acontecer é mais profunda do que uma mera história de suspense.

                                              Karla Julia

Marcadores: ,

Recomendo !




Marcadores: , , ,

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Carpinejando...

"A ROUPA PARA DORMIR QUE NOS ACORDA"

A mulher mais sexy não dorme de baby doll.

Não dorme de camisola.

Não dorme de pijama.

Não é a que dorme nua tampouco.

É a que dorme com as roupas emprestadas de seu homem. Aquela que veste sua camiseta.

Você vê sua roupa nela e fica com vontade de botar no dia seguinte, deseja levar o perfume futuro adentro. Você lembrará dela ao escolher o que vestir de manhã, não somente ao se despir de noite.

É uma armadilha para a dependência. Para criar vínculo e intimidade.

A mulher que dorme com sua roupa devolverá a crença do sexo no casamento e o gosto pela rotina, além de ser uma prova incontestável de beleza. Pois, apesar de seu traje, ela permanece linda. Nem as medidas masculinas estragam sua volúpia. Ela transforma a camiseta larga em um vestido curto, sofisticando a simplicidade.

A mulher fatal não é a que encarna figurino de sex shop, que está armada para o crime.

A mulher fatal não é a que realiza espetáculo e pole dance.

A mulher fatal não será previsível com rendas e cinta-liga, não aparecerá rebolando com chicote e algemas.

A mulher fatal é absolutamente caseira. Ela disfarça seu desejo, não entrega sua intenção de imediato.

Jamais imaginará que terá sexo com alguém que colocou sua camiseta.

Mas ela engana para impressionar, é uma pureza que excita, uma ingenuidade que desconcerta.

Com a despretensão de uma peça emprestada, ela não segue roteiro, faz com que a transa seja inesperada.

Você cogitará que ela quer apenas dormir, mas ela acordará seus instintos selvagens.

É um golpe de estado. Uma impressionante virada de mesa. Na verdade, uma virada de cama.

A mulher que toma sua roupa para dormir arma um ataque caseiro, uma invasão camuflada. Finge que não se interessa para assumir o controle da situação.

Uma mulher que pega sua roupa para dormir irá enlouquecê-lo (o que é mais sensual do que o improviso?).

Ela vai dizendo nas entrelinhas: “Enquanto não tenho seu corpo, uso sua roupa”.

Não existe cena mais encantadora do que uma mulher que rouba sua roupa para dormir. É o começo de todos os saques. Roubará sua vida dali por diante.
                                     
                Arte: Isabelle Tuchband

Publicado no jornal Zero Hora - Texto e Coluna de Fabrício Carpi Nejar - Revista Donna, p. 6 - Porto Alegre (RS), 21/07/2013 Edição N° 17498

Marcadores: ,

terça-feira, 26 de julho de 2016

DICA DE FILME: " BORN TO BE BLUE"




Os anos mais difíceis da vida do grande Chet Baker, é do que esse filme trata.
Trata também do que é a retomada após um incidente fortuito.
E pela luta de voltar a ser um dos grandes ao lado de Dizzie Gillespie e Miles Davis e pelo sonho de tocar no " Birdland" em Nova York.
Ethan  Hawke,talvez no maior papel de sua vida.
Magistral!

Karla Júlia


Marcadores: , , ,

sábado, 23 de julho de 2016

POESIA

Entre-tantos

antes da tua chegada,
argumentos me cansavam.
minha alma monologava
mais do que falava
e mesmo em dias claros
o sol já nem brilhava.

antes da tua chegada,
        escrevia
porque ninguém me ouvia
e minhas entrelinhas eram descampados
onde palavras doíam demais
      para habitá-los

           agora
um instante com você é desejo líquido e
           certo
      é bala Juquinha
      é carícia no seio
    fruta provada madurinha
   
  Paraíso é o lugar onde me encontro contigo

                  Karla Julia       
                         
                     
                                              foto:"Em algum lugar da Toscana"
                                                     by Karla Julia

Marcadores:

sexta-feira, 22 de julho de 2016

ORGULHO E PRECONCEITO...

                   Portrait of Jane Austen









Casa onde viveu Jane Austen.
Hoje em dia, ela é o Museu da Jane Austen( 1775, 1817) !
 "Emma", "Orgulho e Preconceito", Razao e Sensibilidade", Persuasão", " Mansfield Park" são algumas de suas obras- primas escritas nessa casa.
                                       
                                     
                           
                                             
                                 Karla Julia




Marcadores: , ,

POESIA

MAGMA XIX
        ou
Over the Raimbow

há um certo lugar
tatuado de desejo
com teu cheiro
doce vestígio da sua chegada

há um certo lugar
e uma lua
pronta para brilhar

onde teu beijo
se derrama sobre minha boca
e teu olhar
derrete meu corpo
por inteiro.

Karla Julia


Marcadores:

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Sobre a Chinoiserie

A Chinoiserie é uma inspiração ou evocação dos estilos chineses na arte,  na arquitetura e na decoração ocidentais. O termo é aplicado particularmente à arte do século XVIII, quando desenhos e objetos chineses de inspiração fantástica e extravagante combinavam bem com o alegre estilo rococó que dominava na época. Vigente até os nossos dias.
               
                                     

                     Silvio Assumpção


Marcadores: , ,

domingo, 17 de julho de 2016

DICA DE FILME "NISE DA SILVEIRA"






Estou assistindo nesse momento o filme ' Nise" sobre Nise da Silveira , que fez milagres
com o tratamento psiquiátrico no Brasil.
Uma história de vida tão sensível mas que infelizmente foi retratada por Glória Pires que nesse filme mais parece uma governanta alemã ou uma" primadonna" e nao incarna a grande psiquiatra,  declamando pesadamente suas falas.
Faz uma releitura caricata, nada a ver com a personalidade da grande seguidora de Jung e inovadora da terapia ocupacional nessas terras.
Fora isso, o filme deve ser visto.
É de uma sensibilidade extraordinária.

" No Hospital introduzi os animais como ajuda para os doentes, como coterapeutas.Um analista americano do qual tenho o livro,costumava trabalhar com um cão no consultório .Aliás, Freud trabalhava  com um cão no consultório ;Jung trabalhava com um cão no consultório.Marie Louise Von Franz trabalhava com um cão no consultório.Mas aqui, o cão não entra nos lugares."
Nise da Silveira
                               
10 para o filme
10 para o roteiro
4 pela escolha da protagonista

Karla Julia

Marcadores: ,

You're The One That I Want


Marcadores: , ,

DICA DE LIVRO: " IRMĀ DO MEU CORAÇÃO" de Chitra Divakaruni

                                   

Um dos melhores livros que li em minha vida.  Chitra também é autora de um livro extraordinário,  chamado ''A Senhora das Especiarias'' .
Não sei qual o melhor!

O romance trata da história de Sudha e Anju ,nascidas numa mesma família de Calcutá, alinhavam unidas por uma imensa amizade. Ambas compartilham desde cedo sonhos, histórias e experiências . Contudo, um segredo ameaça esta ligação profunda.

Um terrível segredo descoberto por Sudha  que poderá romper para sempre os laços de afeto que as uniam. Num texto de poética beleza, 'Irmã do meu coração' é uma história pungente sobre amores e ódios e ciúmes  - sobre os sentimentos que envolvem o coração humano em qualquer parte do mundo.

Já existe tradução em português há mais de quatro anos.

                                                                          Karla Julia


Marcadores: ,

sábado, 16 de julho de 2016

DICA DE FILME :" MILES AHEAD"




Miles Ahead, estrelado e dirigido por Don Chade ( Hotel Rwanda, Talk To Me e muitos outros) retrata principalmente o período de cinco anos em que esse gênio da " social music" ( como ele gostava de se referir a sua música).
Co estrelado por Ewan Macgregor, no papel de um jornalista da Rolling Stones, o filme é um primor quando se trata de reproduzir o que representou a música e o sentimento de Miles Davis.
Don Chadle está impecável. Quando o vemos pegar o trompete e tocar parece que o Miles está na nossa frente.
O filme é um show de jazz and kinds of flashbacks retratando o grande amor da vida do trompetista, sua terceira esposa Frances.
Apesar do excesso de estrepolias da dupla de protagonistas quanto ao episódio  da fita furtada da casa de Miles, a beleza descomunal da direção de arte consegue ultrapassar esse senão. So What?

Um filme para ser degustado como sua musica: Kind of Blue(s).

                        Karla Julia
                                     
                         
                      " Jazz é como o blues mas com um pouco de heroína"
                        Miles Davis    

                                     

Marcadores: , ,

sexta-feira, 15 de julho de 2016

ENTER THE GAME - MARION COTILLARD




Marcadores: , ,

Romeu e Julieta

 Aí está a foto da varanda que foi testemunha, segundo a obra de Shakespeare, do grande e trágico amor entre Romeu e Julieta.
Verona.Itália.

  Karla Julia

Marcadores: , ,

quarta-feira, 13 de julho de 2016

DICA DE LIVRO: " MARCAS, VESTÍGIOS E PRÉ-TEXTOS" de Aluizio Rezende

                                     
     
O livro de crônicas de Aluízio Rezende, busca analisar (e sempre criticar ) a visão do sistema frente ao oprimido.
Temas como  o amor, a violência urbana, a política e a arte, se entremeiam nas palavras e nos pensamentos do autor, fornecendo um pano de fundo para explicar ( ou não ) a nossa sociedade ocidental.
As verdades e mentiras com as quais a mídia nos bombardeia diariamente são pinçadas em seus textos, criando um ambiente de reflexão em busca de uma sociedade mais justa.

Uma ótima opção de leitura nesses tempos bicudos.

Karla Julia

                                     

Marcadores: ,

sábado, 9 de julho de 2016

STREET ART


Banksy 

 


Marcadores:

NOTAS SOBRE O BARDO

A obra de Shakespeare foi tão importante que vemos suas expressões utilizadas até hoje em títulos de clássicos como:

1- O clássico " Admirável Mundo Novo" de Aldous Huxley veio de " A Tempestade"
 2- " O Inverno da nossa Desesperença"
de John Steinbeck veio da abertura de "Ricardo III"
3-  " A Culpa é das Estrelas " de  John Green  veio de " Julio César".
                               
                             

                         Karla Julia

Marcadores: , ,

sexta-feira, 8 de julho de 2016

DICA DE SHOW:" Mano a Mano com a Poesia"

Dia 12 de Julho - Casa da Gávea - 21:00 hs às 21:30 hs
Um show onde a poesia, a música e o teatro se entrelaçam sob o comando de Mano Melo e seus convidados.
Numa atmosfera onde se respira arte e alegria. Bem que se fiz que a Poesia é terapia e que a arte salva.
Nesse deliciosas horas estamos em boas "Manos".
                                   

                       
                        Karla Julia

Marcadores: , , ,

quinta-feira, 7 de julho de 2016

DICA DE FILME; ' JULIETA' DE ALMODÓVAR






Não é à toa que Pedro Almodóvar tornou-se o modelo do novo cinema espanhol.
No seu mais recente filme, "Julieta" , a primeira tomada é de um tecido adamascado que preenche a tela toda, nos passando uma sensação de intensidade . E esse é o cinema de Almodóvar: intenso, vibrante, passional.

O diretor provoca a plateia com um erotismo nunca pornográfico, extremamente belo, mítico.
Sua escolha sempre acertada da trilha sonora e incorporando elementos da cultura underground.

Nesse filme ele aborda a relação entre mãe e filha e do luto (de Julieta  por sua paixão por Xoan e pelos anos da ausência sem explicação de sua filha).

Outro mérito de Almodóvar em "Julieta" é que a trama é feita e desfeita em camadas de flashbacks que vão  desvendando todas as respostas à medida em que os flashbacks vão se tornando cada vez mais ifrequentes até que eles se tornam a própria narrativa.
,
Um filme a ser degustado com muito carinho
As "cores de Almodóvar" revelam todos os matizes de sentimentos.
Suas mulheres, mitógicas.Fedrãs, Jocosas, Eletras e tantas atuais
Agora não conto mais nada. Há de se ver o não revelado com a pureza do primeiro olhar.

Karla Julia  























                                                                            

Marcadores:

terça-feira, 5 de julho de 2016

Poesia

Ainda

o que semeaste
foi um campo de amor
e dentro dele
protegeste meu coração

se perdemos tempo
- ganhamos em sentimento -
e caramelizamos nossos beijos
ah! meu doce guerreiro

na distância nos abrigamos
hoje, passeio em nosso campo
umedecido ainda
pelo perfume de nossas línguas

Conosco, nada finda.

           Karla Julia
         
                 

Marcadores:

A arte de ler


Peter Vilhelm Ilsted (Dinamarca, 1861-1933) "Mulher lendo à  luz de vela" , 1908. Óleo sobre tela (coleção privada)


Marcadores: